Newey: motor turbo de quatro cilindros na F-1 foi ideia da Audi

Projetista afirma que montadora alemã teria se comprometido a entrar na categoria se motor fosse mudado, mas a própria marca desistiu

Adrian Newey

De acordo com Adrian Newey, projetista da Red Bull, os planos de introduzir um motor de quatro cilindros turbo para 2013 foram encabeçados pela Audi.

O inglês afirmou que a montadora alemã incentivou e até se comprometeu a entrar na Fórmula 1, caso uma mudança de planos nesta área fosse feita. No entanto, a Audi desistiu e a ideia foi descartada.
 
"A decisão inicial do grupo de motores era por um motor turbo de quatro cilindros para 2013. O grande piloto por trás disso tudo era a Audi", comentou Newey.
 
"Eles disseram que entrariam no esporte se existisse um quatro cilindros turbo, e todos concordaram com a mudança para que a Audi entrasse. Mas depois desistiram e ficamos acumulados com este motor quatro cilindros."
 
Para o projetista, um motor V6 turbo é mais fácil de trabalhar por conta de suas dimensões. "Você pode entrar na política de todo o negócio. Do ponto de vista da engenharia, um quatro cilindros turbo não é fácil de instalar. Correr com um V6 é bem melhor para o pacote, por isso esse será nosso motor para 2014."
 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias