Newey: Red Bull sentiu o golpe após mudanças nas regras

Projetista acredita que a equipe foi a mais prejudicada com banimento das asas flexíveis e difusor soprado

O projetista da Red Bull, Adrian Newey, afirmou que a equipe foi a mais prejudicada com as mudanças no regulamento deste ano. Depois de dominar a temporada do ano passado – para se ter uma ideia, Sebastian Vettel tinha, após 11 etapas em 2011, 234 pontos, apenas 12 a menos do que a equipe somou até agora neste campeonato – o time vem tendo dificuldades em contornar o fim do difusor soprado e o maior controle na flexão das asas dianteiras.  

“Aconteceu exatamente o que temíamos antes do início da temporada. Depois de explorar bastante a tecnologia do difusor soprado e de serem tiradas também outras mudanças, como a flexibilidade da asa dianteira, fomos prejudicados”, reconheceu à Autosport. “Provavelmente mais do que os outros porque exploramos isso há mais tempo. Demorou para entender o que precisávamos fazer para nos recuperarmos.”

Outro problema com que a equipe conviveu nas últimas semanas foi a mudança nas regras do mapeamento de motor, depois que a própria Red Bull usou uma configuração que não passou pelo crivo da FIA no GP da Alemanha. Newey reconhece que a equipe ainda não encontrou uma solução para o novo problema.

“Estivemos trabalhando com a Renault e de repente nos deparamos com uma clarificação que era diferente da interpretação em que achamos que estávamos operando. Precisamos dar uma olhada nesse ponto novamente.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias