Nigel Mansell será o comissário convidado para o GP de Mônaco

Britânico campeão mundial de 1992 exerceu o cargo por duas vezes ano passado: em Silverstone e Spa-Francorchamps

Mansell vivieu um dos momentos mais marcantes de sua carreira em Mônaco - Aqui com Senna em 1992

Como acontece em todas as corridas do calendário, a Fórmula 1 chama um piloto para ser comissário de prova em cada um dos GPs da temporada. Para o Grande Prêmio de Mônaco, evento deste fim de semana, a categoria trouxe o campeão mundial de 20 anos atrás Nigel Mansell para ajudar nas decisões técnicas.

O britânico exerceu o cargo por duas vezes em 2011. Na primeira delas julgou ações no GP caseiro da Grã-Bretanha e, na segunda, foi até a mítica Spa-Francorchamps, Bélgica, para ajudar os outros comissários. A primeira vez que foi escolhido foi no início de 2010, quando o presidente da FIA Jean Todt resolveu implantar a ideia.

Durante sua carreira como piloto de F-1, ocupou assentos da Lotus, Williams, Ferrari e McLaren, sagrando-se campeão mundial em 1992, além de ser coroado como campão da IndyCar, quando pilotava nos Estados Unidos, em 1993.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Monaco
Tipo de artigo Últimas notícias