No Q1, Alonso se anima com McLaren: “ficamos só a 1.5s da Ferrari”

Em 17º no grid de largada, espanhol diz que McLaren teve uma das melhores classificações do ano até aqui.

Mesmo ficando em 17º e 18º, apenas à frente da equipe Marussia - que corre em 2015 com um carro adaptado da temporada de 2014 -, a McLaren pode ficar contente segundo Fernando Alonso. O espanhol se confessou feliz após a classificação deste sábado em Silverstone.

Para ele, a posição não diz o quão boa foi a performance no MP4-30, já que a diferença para os principais carros do grid diminuiu. Alonso diz que apenas em outubro o carro começará a estar mais à frente.

"Quando chegarmos na Hungria em três semanas será o mesmo, e quando chegarmos em Spa será o mesmo. Então, se alguém está entediado, deveria voltar a prestar atenção no Japão ou no México, porque teremos corridas piores que isso," prometeu Alonso.

"Tudo está indo pior do que esperávamos em princípio, mas quando vimos a situação na terceira ou quarta corrida, o que estamos conseguindo agora é melhor do que o esperado.”

"Mas eu entendo que estar fora no Q1 não parece bom de fora. No entanto, estamos calmos."

Apesar da saída no Q1, Alonso vê o desempenho da McLaren em Silverstone como um dos melhores do ano até aqui.

"Nós melhoramos um pouco", disse ele. "Foi um dos melhores treinos do ano.”

"Eu sei que não parece bom, mas nós nunca havíamos ficado 1.5s atrás da Ferrari com os pneus médios. E fizemos isso na segunda pista mais longa do ano. Acho que a diferença para o primeiro foi menor, mas nós temos um déficit de energia. Até melhorarmos vamos estar sofrendo."

Alonso por pouco não foi punido, após ter tido um dos pneus de Button colocado em seu carro durante o Q1. A McLaren recebeu apenas uma advertência.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Grã-Bretanha
Sub-evento Sábado classificação
Pista Silverstone
Pilotos Fernando Alonso
Equipes McLaren
Tipo de artigo Últimas notícias