Nos outros times, pneus e pacotes são assunto principal

Veja o que disseram pilotos de Williams, Toro Rosso, Force India, Lotus, Marussia Virgin e Hispania após os treinos de hoje

Pastor Maldonado sai dos boxes com carro da Williams

 

Veja o que disseram pilotos de Toro Rosso, Williams, Force India, Lotus, Marussia Virgin e Hispania após os treinos de hoje. Primeiro dia em Barcelona foi marcado pela estreia de kits de atualizações aerodinâmicas e o impacto dos novos compostos de pneus duros: 
 
Sebastien Buemi, Toro Rosso, 13°: "Mesmo sendo este um meio dia para mim, fui capaz de andar muito e estou feliz, pois temos muitos dados para analisar. O problema de todos foi a saída de traseira e a grande diferença entre os pneus, provavelmente a maior do ano. Amanhã, terei um motor novo em folha, então acho que podemos evoluir."
 
Jaime Alguersuari, Toro Rosso, 15°: "Foi uma pena perder tempo de manhã, mas consegui compensar. Tive um bom sentimento do carro em longos períodos, produzindo boas voltas com pneus duros. Quando tentei volta rápida, fiquei preso no tráfego, mas estou otimista."
 
Pastor Maldonado, Williams, 16°: "Acho que foi um bom dia no geral. Completamos todo nosso programa o que me deixou feliz. É difícil nos comparar com os outros times, já que não sabemos o que eles estão fazendo, mas tudo parece ir bem. Temos um número de atualizações, mas precisamos de tempo para analisar os dados."
 
Paul di Resta, Force India, 17°: "Perdi a sessão da manhã, mas havia uma grande carga de trabalho para fazer. Foi a primeira vez que andei com todo o pacote e sabia que seria uma grande mudança. O carro parece ser bem diferente e precisamos entender as novas partes. Melhoramos um pouco, mas precisamos pensar para amanhã."
 
Heikki Kovalainen, Lotus, 18°: "No geral, podemos ficar muito felizes com a sexta. Vimos uma melhora e estamos extraindo cada vez mais coisas do novo pacote. A desvantagem parece consideravelmente menor e acho isso positivo. Existe muito mais por vir. Otimizar todo o pacote levará temos e sabemos que podemos evoluir amanhã e nas próximas provas."
 
Adrian Sutil, Force India, 19°: "Corri com todas as novas partes aerodinâmicas, mas não conseguimos encontrar o melhor caminho. Foi um ótimo trabalho da fábrica, mas não é fácil introduzir tantas coisas em um fim de semana de forma correta. Por isso, temos trabalho a fazer para ver se conseguimos melhorar."
 
Jarno Trulli, Lotus, 20°: "Foi um dia de sentimentos opostos para mim. A equipe mudou meu sistema de direção de manhã, mas completamos voltas decentes à tarde e pude sentir que encontramos melhoras. Conseguimos o ritmo que queríamos com os updates e, com mais trabalho, há mais para vir."
 
Jérome D'Ambrosio, Virgin, 21°: "Pessoalmente, tive um bom dia; foi tudo sobre analisar compostos diferentes de pneus. Fiz longas saídas e isso foi muito útil. Acho muito importante ver o que aconteceu no carro de Timo e combinar os trabalhos para amanhã."
 
Timo Glock, Virgin, 22°: "No momento, estamos focados em acertar o novo escapamento, então não pudemos fazer muito em termos de acerto. Hoje serviu para coletarmos dados. Não é fácil, mas acho que progredimos e começamos a entender a filosofia disso. Agora temos muito trabalho a fazer e decidir se vamos manter o sistema de escapamentos no carro."
 
Narain Kathikeyan, Hispania, 23°: "Tivemos problemas com tração e saídas de traseira de manhã. À tarde, mudamos um pouco isso e acalmou. Estamos tentando trabalhar em novas partes, com mais coisas vindo amanhã, o que representará um sinal de melhora. Mas ainda existe muito trabalho a fazer."
 
Vitantonio Liuzzi, Hispania, 24°: "Hoje foi um dia possível no geral. Tivemos tempo para algumas saídas e entender os pneus. Passamos muito tempo afinando o acerto do carro. Ambos têm diferentes pacotes e é importante focar nos diferentes aspectos. Com o pacote completo daremos um passo positivo."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias