Novidade do ano, zona de ultrapassagem passa de 600 para 867 metros

A asa traseira móvel só poderá ser utilizada durante as corridas dentro dessa área

A asa traseira móvel poderá ser acionada por toda a reta dos boxes nas corridas

A regra da zona de ultrapassagem nem entrou em prática e já foi alterada pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo). A área determinada para o acionamento da asa traseira móvel durante as corridas foi aumentada de 600 m para 867 m, pelo menos no GP de abertura da temporada, na Austrália. Assim, as asas poderão ser acionadas logo antes da última curva do circuito de Albert Park.

A mudança ocorreu porque a primeira curva do traçado não é um ponto claro de ultrapassagem e, com a configuração antiga das regras, possivelmente a adoção da asa não surtiria muito efeito. Com a ampliação da zona, a intenção é fazer valer a vantagem do artefato.

Assim, a linha que demarca o momento em que o piloto é avisado de que pode acionar a asa também foi removida. Agora, ela se localiza ao final da curva 14, a antepenúltima do circuito. Para que o dispositivo seja liberado, o piloto precisa estar a menos de 1s de seu concorrente exatamente neste ponto.

Nas duas voltas depois de largadas e relargadas, a regra não vale.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Austrália
Tipo de artigo Últimas notícias