Número de ultrapassagens em Silverstone não supera 2010

Mesmo assim, dados após as primeiras nove etapas são melhores que da temporada passada inteira

Hamilton ultrapassa Alonso pelo terceiro lugar em Silverstone

 

Contrariando a tendência da temporada até aqui, o número de ultrapassagens em Silverstone neste ano ficou abaixo do registrado na corrida do ano passado. E com um agravante: ao contrário de 2010, a prova foi afetada pela chuva, fator que geralmente provoca aumento no número de manobras.

A corrida deste ano teve 28 ultrapassagens, uma a menos que em 2010, mesmo com asa traseira móvel e a degradação dos pneus Pirelli.  Ambos os anos, porém, ficaram acima das médias históricas – computadas desde 1982 – de 22.7 manobras em corridas no seco e 25.1 no molhado.

Como de costume, Lewis Hamilton foi o piloto que mais ultrapassou, com quatro manobras, contra três de Jaime Alguersuari, Sebastien Buemi e Michael Schumacher. Já que foram por mais vezes superados são Pastor Maldonado, em seis oportunidades, Kamui Kobayashi e Felipe Massa, em quatro.

Somando os números destas nove primeiras etapas na temporada, as ultrapassagens já superaram com folga os números de 2010: foram 614 manobras até agora, contra 547 nas 19 etapas de 2010.

Outro número positivo é de ultrapassagens pelas primeiras posições. Enquanto 2011 soma quatro pela primeira posição, 12 pela segunda e 20 pela terceira, em 2010 tivemos apenas cinco pela liderança, três pelo segundo posto e seis pelo terceiro computando todo o ano.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Grã-Bretanha
Pista Silverstone
Tipo de artigo Últimas notícias