Número reduzido de motores será “grande desafio” para a McLaren, diz Boullier

Sem conseguir cumprir o planejamento da pré-temporada, diretor da equipe de Woking se preocupa com restrição

Começar a temporada de 2015 com apenas quatro motores por motorista será "um grande desafio" para a McLaren e a Honda, admite Eric Boullier, diretor de corridas da equipe de Woking.

[publicidade]Em meio aos problemas de confiabilidade com o carro da McLaren, Boullier afirma que a restrição de motores representa uma preocupação especial "em alguns aspectos".

"Estamos nos preparando para correr com apenas quatro unidades de energia por temporada, mas nós vimos algumas equipes no ano passado correndo com um número maior. Portanto, será um grande desafio", disse.

De acordo com o dirigente, o carro da McLaren ainda é um mistério para boa parte do quadro de funcionários. Com pouca rodagem nos treinos de pré-temporada, algumas partes do modelo não foram submetidas a grandes testes, como o chassi.

"É verdade que temos alguns problemas de confiabilidade em torno do motor. Como não fizemos boa quilometragem, não podemos dizer que descobrimos todas as questões que podemos enfrentar no chassi", contou.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias