"O carro não está do jeito que eu gosto", admite Raikkonen

Finlandês mira em melhor acerto no GP da Índia para se livrar dos problemas que vem enfrentando nas classificações

As classificações têm sido o grande drama de Kimi Raikkonen nas últimas provas. O piloto admite que não se deu bem com os pneus que estrearam no GP da Hungria e, desde então, vem sofrendo com um carro excessivamente dianteiro para seu estilo. Mas, se conseguir resolver isso na próxima etapa, na Índia, confia no ótimo ritmo de corrida de sua Lotus para se dar bem.

“Tomara que finalmente acertemos a classificação porque as últimas cinco não foram muito boas para mim. O carro não está exatamente do jeito que eu quero e estamos tentando nos livrar das saídas de dianteira, o que é algo de que eu não gosto. Se não der certo, será uma tarde difícil de domingo, ainda que é claro que vamos continuar forçando. Se acertarmos, podemos realmente ir para cima.”

O companheiro de Raikkonen, Romain Grosjean, lembra que a Lotus não teve uma boa performance na Índia ano passado, com o sétimo e nono lugares, mas acredita que a atual forma da equipe mostra que o cenário será diferente neste ano.

“Nosso carro realmente está rendendo bem no momento, então acho que poderemos estar fortes novamente na Índia. É justo dizer que tivemos dificuldades lá ano passado com o acerto e a aderência, então esperamos melhorar desta vez. A escolha dos pneus – médio e macio – foi muito dura ano passado, mas toda a escala é mais macia nesta temporada, então a corrida deve ser melhor.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Kimi Raikkonen , Romain Grosjean
Tipo de artigo Últimas notícias