"O carro tem coisas muito boas", diz Bruno Senna

Piloto brasileiro travou nesta quinta-feira seu primeiro contato com o FW34 da equipe Williams

Bruno Senna em ação durante teste em Jerez de La Frontera

O terceiro dia de testes em Jerez de La Frontera teve apenas um piloto brasileiro na pista. Bruno Senna teve seu primeiro contato com FW34 da Williams e foi o piloto que mais voltas completou na quinta-feira: 125 no total, o que corresponde a mais de 550 quilômetros, quase a distância total de dois grandes prêmios.

"Foi excelente porque deu para correr atrás do prejuízo dos problemas que a equipe teve no primeiro dia de testes. Conseguimos cumprir o cronograma e é muito positivo ter feito saídas longas com tempos consistentes logo de cara. Temos de trabalhar agora em detalhes pequenos para extrair mais performance do carro, já que nosso objetivo é sempre o de ir mais rápido. Mas está indo tudo bem até agora".

Bruno Senna fechou o dia com o penúltimo tempo, 1min21s293. Mas por ter feitos apenas saídas longas, deixou claro que não se preocupou com o cronômetro. De uma maneira geral, ele se mostrou satisfeito com o novo modelo da Williams.

"O carro tem coisas muito boas. Como em qualquer carro novo temos de desenvolver o que não é perfeito. Temos de continuar trabalhando e estimulando a equipe a criar novas partes aerodinâmicas para o carro afim de torná-lo mais veloz".

O piloto destacou ainda o que é a maior novidade do FW34: o motor Renault, que volta a equipar os carros da Williams depois de 15 anos.

"O motor Renault é o mesmo que pilotei no ano passado, é uma unidade com boa potência e um excelente torque, o que torna a pilotagem mais fácil".

Nesta sexta-feira, o brasileiro volta à pista no último dia de atividades da primeira bateria de testes da temporada 2012 da Fórmula 1.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Bruno Senna
Tipo de artigo Últimas notícias