"O grande problema é o equilíbrio do carro", reclama Bottas

Finlandês fechou a sexta-feira em Cingapura apenas na 18ª colocação e quer mais rendimento com o supermacio

Valtteri Bottas não escondeu sua insatisfação com o carro da Williams depois de fechar o primeiro dia de atividades do GP de Cingapura na 18ª colocação. O finlandês reclamou do equilíbrio do carro e da falta de rendimento com o pneu supermacio.

[publicidade] “Não foi uma sexta-feira fácil, temos muito trabalho adiante para fazer os pneus supermacios funcionarem. O grande problema é o equilíbrio do carro, principalmente a traseira. O carro não estava bom desde o início do dia”, reclamou o finlandês.

“Parece que os outros conseguiram ganhar 2s de um pneu para o outro e nós só conseguimos 0s5. Não é o bastante e o assunto do debrief certamente será como tirar mais tempo do pneu supermacio. Isso é o principal.”

Para Bottas, a Williams deve sofrer mais aqui do que na Hungria, onde o time teve problemas devido às características da pista, semelhantes ao circuito de Marina Bay.

“A sensação é mais difícil aqui do que na Hungria, e precisamos entender o porquê. O carro não era fácil de pilotar e nem consistente. Esse circuito tem muito mais ondulações do que na Hungria, então talvez esse seja um motivo.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias