Oitavo, Massa elogia volta "estranha" de Alonso

"Não fiz uma volta boa por causa dos problemas de equilíbrio que estou sofrendo", explica o vice-campeão de 2008

Massa em Barcelona

A oitava posição está bem aquém das possibilidades de Felipe Massa. O brasileiro da Ferrari, que ficou quase um segundo atrás do parceiro, Fernando Alonso, que sai em quarto, justificou-se, dizendo que tudo é culpa dos pneus e da nova asa traseira, cujo uso foi proibido após uma vistoria.

"Não fiz uma volta boa por causa dos problemas de equilíbrio que estou sofrendo", explica o vice-campeão de 2008, que registrou a marca de 1min22s888 na fase final da classificação, e exaltou o trabalho de Alonso.
 
"Não errei aqui, ao contrário da Turquia. Se você olhar, virei 23s5 com o primeiro jogo de moles; melhorei meio segundo no segundo jogo e dois décimos ni terceiro. Se olhar, todo mundo fez o mesmo que eu. Vendo a melhora de todos os carros, o que Fernando conseguiu foi estranho. Ele melhorou seis décimos no segundo jogo e um segundo para ele mesmo no fim. Ele achou algo onde eu não achei. De repente ele acertou as curvas e evoluiu."
 
>>
>>
>>
 
"Está sendo um fim de semana difícil para acertar o carro da maneira certa, pensando nas coisas novas, nos pneus, no downforce que a gente está perdendo em relação aos outros, que dificultou o equilíbrio do carro para a classificação", analisa.
 
No entanto, Massa aposta no bom ritmo de corrida da Ferrari. "Pode vir um dia bom. A gente vai se concentrar para fazer o melhor possível. Será uma corrida longa e difícil por conta do consumo de pneus. Se estiver tudo preparado, pode ser bom. Será uma corrida difícil, com muita coisa diferente. A estratégia não será fácil. Vamos nos concentrar em tudo aquilo que pode acontecer. Nosso carro com pneu duro sofre mais que os outros,"

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Espanha
Pilotos Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias