Otimismo marca primeira impressão das equipes sobre carros de 2012

Se quem foi rápido comemorou o bom nascimento do carro, quem ficou mais para trás disse que apenas checou os novos sistemas

Webber se disse confortável após primeiro contato com RB8

Como de costume, o otimismo marcou as declarações de pilotos, engenheiros e chefes de equipe após o primeiro dia de testes da pré-temporada, liderado pelo finlandês Kimi Raikkonen e sua Lotus.

Se quem foi rápido comemorou o bom nascimento do carro, quem ficou mais para trás garantiu que o dia de hoje foi apenas para checagens de sistemas. Veja uma compilação do que foi dito hoje em Jerez de la Frontera, na Espanha.

Jenson Button, McLaren: “Foi um bom dia. Nesta manhã, fizemos checagens de sistemas e coletamos informações de aerodinâmica, níveis de downforce, temperaturas e as impressões de dentro do cockpit. Fizemos 15 voltas em sequência e a consistência foi boa. Foi um dia positivo: não há áreas problemáticas no carro. É importante ter um dia limpo amanhã, ganhar quilometragem e ver qual direção queremos seguir.”

Mark Webber, Red Bull: “Sinto-me bem no carro. Ele está fazendo tudo o que esperávamos, o que é sempre bom. Não houve surpresas ruins.”

Nikolas Tombazis, projetista chefe da Ferrari: “Esse carro representa um rompimento com o que vínhamos fazendo e apresenta conceitos muito diferentes para nós, o que requer muitos ajustes. É por isso que hoje nós não olhamos para o cronômetro, preferindo concentrar-nos em obter o máximo de informações para entender bem o comportamento do carro.”

Michael Schumacher, Mercedes: “Num mundo ideal, você tem o carro novo, mas também quer mantê-lo por mais tempo possível no túnel de vento. É uma questão de compromisso, uma estratégia para uma melhor performance. Vamos ver como funciona. O pneu traseiro é certamente melhor, eles são mais consistentes e mais divertidos de se guiar.”

Heikki Kovalainen, Caterham: “Ainda é muito cedo para dizer o quanto progredimos, mas já dá para sentir que estamos indo na direção certa. Claro que não queríamos ter encerrado o trabalho mais cedo hoje, mas não conseguimos solucionar o problema com a ignição para voltar à pista.”

Mike Gascoyne, diretor técnico da Caterham: “Tivemos que terminar mais cedo este primeiro dia depois que um dano no sistema de ignição nos impediu de ligar o motor, o que é uma pena pois é um problema incomum e tínhamos feito uma manhã positiva. A impressão inicial de Heikki sobre o carro é boa e ainda temos muito a melhorar nele.”

Daniel Ricciardo, Toro Rosso: “Tivemos uma manhã muito produtiva, fazendo mais de 40 voltas e progredindo com nosso programa. À tarde fizemos alguns ‘long runs’, mas tivemos que para no meio, mas perdemos apenas uma hora. Eu estava usando pneus médios na minha última saída, tendo usado pneus duros no restante do dia. No geral foi um bom começo e estou animado para mais um dia produtivo amanhã, porque esse é um carro muito agradável de se pilotar.”

Franz Tost, chefe da Toro Rosso: “Completamos 57 voltas hoje, então ficamos satisfeitos com as primeiras voltas com o novo carro, que parece ter uma boa base para crescermos sobre ela. Daniel se sentiu confiante no carro e não tivemos problemas até perder pressão de óleo. Foi quando o protetor do motor fez seu trabalho e parou o carro. Minha primeira impressão, depois de ter a rara experiência de ir para a beira da pista e observá-lo em ação em algumas curvas nesta manhã, é que a base do carro é muito boa e saudável.”

Pastor Maldonado, Williams: “O carro parece bom e os sistemas trabalharam bem esta manhã. Gosto da sensação do novo motor Renault também. Ainda é muito cedo para fazer previsões, mas estamos trabalhando duro para entender o carro melhor.”

Mark Gillan, diretor técnico da Williams: “Fizemos uma série de checagem de sistemas no carro hoje, incluindo um teste de instalação do motor e algumas saídas de verificação aerodinâmica. Infelizmente o teste foi encurtado por problemas típicos de um carro novo, os quais estamos investigando.”

Kamui Kobayashi. Sauber: “Estou feliz. O novo carro parece bom. Conseguimos uma boa quilometragem hoje apesar de um problema pequeno na parte da manhã. O trabalho de hoje não foi focado em performance, mas na checagem de sistemas e na confiabilidade. Ainda assim eu tive a impressão que os novos pneus da Pirelli podem ser bons para nós.”

Giampaolo Dall’Ara, chefe de engenharia de pista da Sauber: “Para avaliação, trabalhamos com diferentes pneus, acertos e níveis de combustível. Também fizemos alguns trabalhos mecânicos e vários treinos de pit-stops. No final do programa de testes nós também checamos o sistema de combustível.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Jenson Button , Michael Schumacher , Mark Webber , Heikki Kovalainen , Kamui Kobayashi , Daniel Ricciardo
Tipo de artigo Últimas notícias