Otimista, Nasr destaca novo pacote aerodinâmico

Além disso, brasileiro fala sobre desafios e exigência física do circuito de Marina Bay, próxima etapa da temporada

Felipe Nasr chega a Marina Bay com a expectativa de obter um rendimento melhor do que nas últimas corridas e espantar o momento desfavorável – nas três etapas anteriores, o brasileiro enfrentou alguns problemas e foi superado por Marcus Ericsson, companheiro de Sauber.

Nasr elogiou bastante o traçado cingapuriano e ressaltou os desafios que a pista impõe aos pilotos. O brasiliense destacou ainda a introdução do novo pacote aerodinâmico, que faz o time de Hinwill chegar mais confiante para a 13ª etapa da temporada 2015 da F1.

"Cingapura é um dos locais mais bonitos do calendário atual. Gosto de pilotar neste circuito de rua fascinante e desafiador. O físico é muito exigido aqui, devido às altas temperaturas e humidade elevada. Outro desafio é fazer voltas rápidas e constantes aqui, você precisa passar perto do muro o tempo. Além disso, teremos nosso novo pacote aerodinâmico lá, que deixa a equipe otimista”, disse.

Ericsson também fez elogios rasgados à única prova noturna do calendário e se mostrou ansioso para ver o quanto o carro da Sauber vai evoluir com as novidades aerodinâmicas levadas para Marina Bay.

"Gosto muito de Cingapura, é sempre uma corrida muito especial. Mal posso esperar para chegar lá, pois é uma de minhas pistas favoritas. O fato de a corrida ser realizada à noite traz uma atmosfera única. Para mim é, definitivamente, um dos pontos altos da temporada”, afirmou.

“Também estou ansioso para ver do que nosso novo pacote aerodinâmico é capaz. Queremos tirar o máximo das inovações”, completou o sueco, que pontuou nas últimas três etapas – GPs da Hungria, Bélgica e Itália.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Cingapura
Pista Singapore Street Circuit
Pilotos Marcus Ericsson , Felipe Nasr
Tipo de artigo Últimas notícias