Pai de Max Verstappen responde críticas feitas por Felipe Massa

Jos Verstappen crê que fato de brasileiro e outros pilotos falarem de seu filho quer dizer que Max já está incomodando

Aos 17 anos de idade, Max Verstappen chegou à Fórmula 1 com tudo. Conquistou um quarto lugar como melhor resultado na primeira metade deste ano e já impressionou muitas pessoas que o criticavam antes de ver seu potencial. Seu pai, Jos Verstappen, piloto de 1994 a 2003 na F1 e dono dois pódios, vê mérito no filho.

"Ele estava pronto, e não é todo piloto de 17 anos que está pronto para a F1", disse Jos Verstappen ao Motorsport.com.

"Posso entender por que eles mudaram as regras de superlicença, mas não há nada que eu possa fazer sobre isso. Estou feliz que ele está na F1 e está indo bem. A Red Bull está feliz com ele, e acho que a F1 deve estar feliz em ter um piloto como Max."

"Ele é rápido, é agressivo e é um cara que ultrapassa. Pilotos deste tipo são sempre bons para o esporte."

Críticas não preocupam

Verstappen não escapou de controvérsias em seu ano de estreia, após uma colisão com Romain Grosjean em Mônaco e uma discussão nos bastidores com Felipe Massa.

Falando após aquela corrida, Massa disse: "acho que foi muito perigoso para ele para ser honesto, porque ele tem 17 anos. Se ele se machucar, todo mundo vai falar sobre isso."

"Eles vão dizer: 'por que deram uma licença para um cara que só tem 17 anos e ele está fazendo isso?' Mas enquanto ele não se machuca, todo mundo está feliz. Eles precisam fazer as coisas de uma maneira melhor."

No entanto, para Jos, as críticas de Massa apenas serviram para mostrar que seu filho já está preocupando seus rivais.

"Massa sempre faz comentários. Não importa ", disse ele. "As pessoas comentarem desta maneira só faz Max mais interessante.”

"Isso mostra que o que Max está fazendo é bom. Ele é um cara muito inteligente, e já sabe muito deste meio. Ele sabe o que ele pode e não pode dizer. E a equipe sabe que ele está fazendo um ótimo trabalho".

Os críticos erraram

Jos Verstappen também diz que apesar das críticas a seu filho no ano passado pela pouca idade, ninguém veio ainda pessoalmente dizer que estava errado.

"Eu li alguns artigos de algumas pessoas que confessaram que estavam erradas, mas ninguém veio falar comigo", disse ele.

"Não me importo com nada disso: sabia que Max poderia conseguir e a Red Bull sabia que ele poderia conseguir. Tínhamos muita fé nele. Obviamente os críticos estavam errados."

Entrevista por Oleg Karpov

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Max Verstappen
Equipes Toro Rosso
Tipo de artigo Últimas notícias