Para Alain Prost, pilotos estão assumindo riscos demais

Tetracampeão critica manobras como de Webber em Spa e Vettel em Monza e avisa que logo alguém não vai se safar

A ultrapassagem de Vettel sobre Alonso em Monza

O tetracampeão de F-1, Alain Prost, não anda muito contente com os caminhos da categoria atualmente. O francês acredita que os pilotos estão assumindo riscos desnecessários e já não têm tanta importância como no seu tempo.

“Imagino se os pilotos não estão desconectados com o senso de risco”, afirmou ao L'Equipe.  “Na Bélgica e na Itália eles pareciam estar assumindo riscos nos lugares mais estranhos. Webber ultrapassou Alonso em Spa... honestamente. É o mesmo com a ultrapassagem de Vettel em Monza, com duas rodas na grama.”

O ex-piloto de 56 anos, que recentemente fez um teste com seu Renault de 1983, prevê que algo possa acontecer.

“Você pode se safar com essas coisas nove vezes, mas na décima... gostaria de vê-los pilotando meu carro de 1983, só para perceberem o que estão fazendo.”

Prost ainda garantiu que seria muito frustrante se pilotasse na F-1 hoje em dia.

“O piloto sempre foi importante, mas não é o mesmo agora. Você vê isso nas diferenças entre os companheiros – às vezes é um décimo, enquanto no passado poderia ser um segundo ou quase dois.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias