Para Alonso, F138 tem potencial e não é motivo de preocupação para Austrália

Piloto espanhol compara carro atual ao do ano passado e vê sensível melhora de desempenho em 2013

Andando pela primeira vez com a Ferrari nesta última bateria de testes no circuito da Catalunha na Espanha, o espanhol Fernando Alonso fez ressalvas de que o novo carro da Ferrari ainda está um pouco atrás dos demais, no entanto, vê potencial para melhorá-lo cada vez mais.

O piloto, vice-campeão mundial no ano passado, foi o último no treino de hoje afetado pela chuva em Barcelona. Alonso marcou 1:27.878s, quase cinco segundos mais lento do que o francês Romain Grosjean da Lotus, mais rápido deste segundo dia. “Obviamente as condições hoje foram um pouco estranhas, então é muito difícil comparar com a semana passada ou o ano passado. Provavelmente a confiança que temos agora é maior do que tínhamos no ano passado.”

Fernando também disse que não há motivo para pensar que o carro deste ano não lute pelo título e não comece melhor do que na última temporada. “No último teste do ano passado sabíamos que estaríamos por volta de dois segundos mais lentos que os líderes. Prevíamos que não estaríamos no Q3 na Austrália, e era verdade. Agora é diferente, estamos muito mais confiantes”, disse o espanhol, após 102 voltas hoje.

“No ano passado tivemos um inverno muito difícil, estávamos completamente perdidos e não sabíamos o que o carro fazia. E, com este carro, lutamos pelo título até a última corrida no Brasil.”

Por fim o espanhol se disse confiante de que o F138 pode melhorar ainda mais. “Sabemos que talvez não sejamos os mais rápidos, mas temos potencial. Agora temos um carro que responde bem ao que mudamos e está fazendo o que esperávamos.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias