Para Barrichello, motivação em ano definido não muda

"Para todos é uma disputa de uma corrida individual. Não acredito que isso mude na nossa opinião", diz piloto, sem chances de vitórias ou títulos

Rubens Barrichello

Sem chance de ganhar uma corrida, muito menos o campeonato, Rubens Barrichello afirma que motivação os pilotos sempre conseguem na hora de disputar uma corrida que, no fundo, vale pouca coisa.

Segundo o brasileiro veterano, faz parte do espírito do piloto tentar dar o máximo de si, independente do que pode acontecer na tabela de pontos: cada corrida é um capítulo diferente e particular.
 
"Para todos é uma disputa de uma corrida individual. Não acredito que isso mude na nossa opinião. Eu entro para dar tudo e ver o que o carro consegue, tentando marar pontos. Não acredito que, para os pilotos que têm chance de ganhar, o campeonato importe. Tirando Sebastian Vettel, o resto só pensa em ganhar corrida", analisa.
 
Sobre a disputa pelo título deste ano, Barrichello acha muito difícil Vettel não liquidar a fatura: "A McLaren foi bem na sexta, mas isso não significa nada. É mais fácil o Vettel não acabar a corrida que Button ganhar. Este é o cenário mais claro para mim."
 
(Colaborou Luis Fernando Ramos, de Suzuka)
 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Japão
Pilotos Rubens Barrichello
Tipo de artigo Últimas notícias