Para Helmut Marko, a FOTA só serviu para reduzir os custos

Justificando decisão da Red Bull de deixar associação das equipes, consultor diz que reuniões não davam em nada

O consultor Helmut Marko

O consultor da Red Bull, Helmut Marko, questionou o propósito da existência da FOTA, dias depois da equipe ter anunciado que deixou a associação das equipes de Fórmula 1.

A decisão veio em conjunto da Ferrari, que também anunciou que deixou a associação na sexta-feira. Trata-se das duas equipes que mais gastam na F-1.

“A FOTA cumpriu seu propósito no período de crise e houve uma redução de custos, mas não há outros avanços”, afirmou Marko à TV austríaca Austrian Servus.

Acredita-se que ambas as equipes tenham tomado esta decisão para poder negociar livremente contratos mais lucrativos com Bernie Ecclestone, que tenta fechar um novo Pacto da Concórdia, acordo que prevê, entre outros fatores, as quantias dos direitos comerciais que serão repassadas aos times.

Porém, Marko aponta que a falta de resultados da FOTA foi o que afastou a Red Bull da associação, criada em 2008.

“Se nas reuniões não conseguimos nem entrar em acordo em relação ao denominador comum mais baixo, é de se imaginar para que tanto esforço.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias