Para Horner, saída de Hamilton enfraquece a McLaren

Chefe da Red Bull diz que, com Lewis e Button, equipe tinha uma das duplas mais fortes da Fórmula 1

Para Christian Horner, a McLaren se enfraqueceu com a saída de Lewis Hamilton, que assinou por três anos com a Mercedes. O time inglês contratou Sergio Perez para o lugar do campeão de 2008 e, desde o anúncio do acordo, após o GP de Cingapura, na 14ª etapa, o mexicano não marcou um ponto sequer.

“Acho que a McLaren é um time mais fraco sem Lewis. Acredito que até a McLaren admitiria isso. Lewis é um piloto incrível e em Lewis e Jenson eles tinham uma dupla de pilotos muito forte”, diz Horner.

Por outro lado, o dirigente vê a Mercedes mais forte com o inglês a bordo – como qualquer outra equipe estaria. “Não importa qual time tenha ficado com Lewis, ele é uma boa contratação. Tenho certeza de que ele irá dar mais performance à Mercedes ano que vem de forma natural”.

Mas Horner frisa que, apesar do nível da dupla de pilotos ter caído, a qualidade do carro da McLaren preocupa a Red Bull, até porque, com a manutenção das regras para o ano que vem, é de se esperar que o time de Woking venha forte. “A McLaren teve um grande carro neste ano e por que não achar que eles podem ter um carro ainda melhor ano que vem?”.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias