Para Hulkenberg, estreia de russo de 18 anos é "arriscada"

Sergey Sirotkin deve andar pela Sauber na próxima temporada como parte do negócio que salvou finanças da equipe

O alemão Nico Hulkenberg acredita que a estreia do russo Sergey Sirotkin na próxima temporada é arriscada. A presença do piloto, que terá 18 anos e pouco mais de três anos de experiência em monopostos quando o próximo campeonato começar, faz parte do acordo da Sauber com empresas russas.

“Eu não estava pronto para a Fórmula 1 nesse ponto”, comparou o atual piloto da equipe suíça. “É ambicioso, talvez um pouco arriscado, mas a decisão não é minha. Todos são diferentes. Alguns conseguem lidar melhor com a pressão do que outros.”

Hulkenberg estreou na Fórmula 1 aos 22 anos, com a experiência de cinco temporadas em monopostos e três títulos – na Fórmula BMW alemã, na Euroseries e na GP2.

O russo Sirotkin, por sua vez, estreou nos carros em meados de 2010, na Formula Abarth, e depois correu de Auto GP antes de chegar à World Series.

“Ele vai continuar correndo na World Series e, além disso, ele pode fazer muito trabalho de simulação, mas isso não é algo real e a Sauber não tem um simulador, então isso não é uma opção”, lembrou Hulkenberg.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Nico Hulkenberg
Tipo de artigo Últimas notícias