Para Jackie Stewart, os grandes não erravam como Hamilton

Tricampeão sugere que piloto da McLaren faça um trabalho mental para evitar novas confusões

Hamilton durante o GP de Cingapura

O tricampeão de F-1 Jackie Stewart acredita que, se Lewis Hamilton quer entrar no hall dos grandes pilotos da história da categoria, tem de parar de se envolver em acidentes desnecessários. Para o ex-piloto escocês, trabalhar mais a mente não faria mal ao campeão de 2008.

“Estou um pouco confuso porque ele certamente sabe como guiar e tem muito talento natural. Mas se ele quer ser um grande piloto, não pode ter tantos acidentes. Nenhum dos grandes dirigiu desta maneira”, afirmou em entrevista à Autosport.

“Michael [Schumacher] teve o mesmo problema, mas todos os grandes corredores, como Fangio, Jim Clark, Niki Lauda e eu não passamos por isso.”

Hamilton se envolveu em diversas colisões neste ano, com Felipe Massa e Pastor Maldonado em Mônaco; com o companheiro Jenson Button no Canadá; Kamui Kobayashi na Bélgica e novamente com o piloto brasileiro em Cingapura.

“Ele tem todas as ferramentas, mas de um jeito ou de outro, ele se perde mentalmente – como na volta de aquecimento na classificação de Cingapura. Não posso acreditar que ele quase teve um acidente que o tiraria do treino”, prosseguiu Stewart.

Para o escocês, o piloto da McLaren deveria melhorar seu foco para as próximas corridas.

“O incidente da corrida também não era necessário, então acho que ele precisa pensar sobre como lida com sua mente. Ele tem a habilidade, mas infelizmente tem tido muitos incidentes.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Cingapura
Pilotos Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias