Para Kobayashi, era possível ser sexto no grid com a Sauber

Japonês lamenta falta de jogos de pneus novos para o Q3; seu companheiro, Perez, foi o melhor estreante do dia

Kobayashi foi um dos destaques do treino de hoje

O rendimento da Sauber na pré-temporada já indicava que o time poderia ser uma das surpresas do campeonato, e isso se confirmou na primeira sessão de classificação do ano. O japonês Kamui Kobayashi chegou ao Q3 e vai largar em nono lugar, enquanto o  mexicano Sergio Perez foi o melhor do estreantes, terminando o sábado em 13º.

Kobayashi, contudo, não se deixou levar pela boa performance e acha que o resultado poderia ter sido ainda melhor. “Agora vemos que o que fizemos no inverno foi bom. Claro que ainda há coisas para melhorar, mas esse é apenas o primeiro Grande Prêmio e chegar ao Q3 foi bom. Quero agradecer o time”, afirmou, por meio da assessoria de imprensa da Sauber.

“Só gostaria que tivesse um jogo de pneus novo para o Q3 em vez dos usados que tive de adotar. Assim, acho que o sexto lugar seria possível. No entanto, acredito que o resultado foi positivo e estou feliz em dar isso ao Japão”, completou.

Seu companheiro, Sergio Perez, também acreditava em um desempenho melhor. “Minha primeira sessão de classificação foi boa, fui sexto no Q1. Na terceira sessão de treinos livres, não consegui fazer a simulação com pneus macios e pouco combustível, pois perdemos muito tempo com um problema hidráulico”, lamentou.

O mexicano culpou a bandeira amarela causada por Rubens Barrichello e o tráfego por não ter passado ao Q3, como a outra Sauber. “Ficamos com o tempo um pouco apertado por causa da bandeira amarela. Peguei tráfego no último setor da minha volta rápida e não consegui tirar o máximo dos pneus. Mas, de modo geral, sinto-me muito confortável. Espero ter uma boa corrida amanhã e colocar alguns pontos no bolso.”

Mesmo que ambos os pilotos esperassem mais de suas performances, ao menos agradaram o chefe da equipe, Peter Sauber. “Estou satisfeito com o lugar em que estamos no momento (em relação aos rivais). Não menos importante foi a experiência positiva com nossos pilotos. Nós sabíamos o que Kamui poderia fazer, mas Sergio, nosso novato, foi uma boa surpresa.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Austrália
Pilotos Kamui Kobayashi , Sergio Perez
Tipo de artigo Últimas notícias