Para novato, pular da F-3 para a F-1 não é grande desafio

Max Verstappen, de 17 anos, acredita que salto que deu dos karts para sua categoria atual foi mais significativo

Preparando-se para se tornar o estreante mais jovem da história da Fórmula 1, Max Verstappen acredita que este não é o momento mais desafiador da carreira. O holandês, que vem da Fórmula 3 e está dando um passo considerado grande para a categoria máxima – geralmente, os pilotos passam ainda por categorias intermediárias, como a GP3, GP3 e a World Series – lembra que já enfrentou dificuldades maiores quando passou diretamente do kart para a F-3.

[publicidade] “Basicamente, o estilo de pilotagem do kart em relação a um carro de fórmula é completamente diferente”, afirmou à Autosport. “No final das contas, no pulo da F-3 para a F-1 o principal é que o carro é o mesmo, a diferença é que as coisas acontecem mais rápido”, disse o piloto, que fez uma série de testes neste ano para se adaptar antes de assumir o cockpit da Toro Rosso em 2015, aos 17 anos.

“Do kart para o carro de fórmula demorou um pouco para eu me acostumar, então acho que foi um passo maior. Um carro de F-3 é bem parecido com um de F-1, você só não tem tanta potência, mas há bastante pressão aerodinâmica. No geral, o estilo de pilotagem não é muito diferente.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias