Para Rubens Barrichello, falta comando na Williams

Piloto brasileiro compara situação na equipe, que ainda não marcou pontos neste ano, com os tempos difíceis por que passou na Honda

Barrichello não vê updates da Williams funcionando

Após passar em branco na quinta prova do ano pela Williams, não dá para deixar de relacionar a temporada 2011 de Rubens Barrichello com aquela que foi a pior de sua carreira. Em 2007, na Honda, o piloto brasileiro não marcou um ponto sequer nas 17 etapas.

De acordo com o brasileiro, a situação de ambas as equipes não é exatamente a mesma.

“A Williams traz muitos updates para a pista, mas poucos deles funcionam. Naquele ano da Honda, a gente tinha uma falta de melhoras no carro. Algumas funcionavam, mas outras não faziam muito sentido.”

Para Barrichello, o momento turbulento pelo qual a equipe passa, com uma reformulação técnica, está refletindo na pista.

“A gente tem um problema crônico agora com essa falta de liderança técnica. Sam Michael e outros devem sair e você não sabe quem vai fazer o quê. Passam por um momento de dificuldade e, nas corridas, não tem sido diferente. O carro necessita de evolução e, ao mesmo tempo, precisa da família mais unida. Agora a equipe está um pouco dispersa porque tem muita coisa acontecendo por trás das cortinas.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Espanha
Pilotos Rubens Barrichello
Tipo de artigo Últimas notícias