Para tentar voltar ao topo, Williams aposta em 'abrasileiramento'

Time de Grove conta com pilotos e patrocínios do país em 2014 e ainda terá combustível brasileiro em 2015

Nove vezes campeã de construtores e sete de pilotos, a Williams é um dos times mais vencedores da história da F1. A equipe de Grove, no entanto, caiu muito nos últimos anos e desde 1997 não sabe o que é conquistar um título na categoria. Para tentar voltar aos bons tempos, Frank e sua filha Claire Williams resolveram apostar no Brasil, país de Nelson Piquet, campeão pelo time em 1987 (e bicampeão de construtores) e de Ayrton Senna, tricampeão mundial que faleceu a bordo de uma Williams, em 1994.

Em 2014, a Williams terá dois pilotos brasileiros em seu elenco, além de fortes patrocinadores oriundos do país. Felipe Massa, piloto titular, correrá com o número 19 e seu xará Felipe Nasr, terceiro piloto do time, participará de cinco treinos livres ao longo do ano. Com os dois, veio o apoio de duas empresas estatais do país: o Banco do Brasil, que acompanha Nasr e a Petrobras, que reedita parceria da década passada.

O início da relação da Petrobrás com a Williams foi em 1998, um ano após o time ser campeão mundial e a parceria durou 11 temporadas, com 10 vitórias, 19 poles e 54 pódios. Em 2014, a estatal brasileira patrocinará a equipe e também desenvolverá o combustível que será usado a partir de 2015.

Mas a forte ligação do time de Frank Williams com o Brasil não é de agora. Ao longo da história, a Williams é a equipe que mais teve brasileiros em seus volantes. Foram sete, contando com Felipe Massa. Antes dele, passaram pelo time José Carlos Pace, Nelson Piquet, Ayrton Senna, Antonio Pizzonia, Rubens Barrichello e Bruno Senna.

“Historicamente, tivemos alguns ótimos pilotos brasileiros em nossa equipe e sempre nos demos bem com eles. Acho que tem a ver com a paixão que as duas partes têm pelo esporte. Então isso faz com que seja um bom encaixe”, explicou Claire Williams ao TotalRace no final do ano passado.
 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias