Para Webber, quem vencer mais corridas será o campeão de 2012

Como a diferença de pontuação entre o primeiro e o segundo colocados é grande, australiano quer mais provas como Mônaco

Webber foi, em Mônaco, o sexto vencedor do ano

Com o campeonato apertado e seis pilotos divididos por uma vitória na ponta, a moda é falar em consistência e lembrar de temporadas como a de 1982, quando Keke Rosberg foi campeão mesmo tendo vencido apenas uma prova.

Para Mark Webber, contudo, como a diferença de pontuação entre o primeiro e o segundo colocados é muito grande, de sete pontos, são justamente os primeiros lugares que serão decisivos para o título.

“Você precisa marcar pontos sempre que pode, é óbvio. Mas acredito que, no fim das contas, são as vitórias que vão decidir o campeonato. Você precisa vencer porque isso faz uma grande diferença, são 25 pontos contra 18. Quando você tem oportunidades, tem de capitalizar.”

O australiano, terceiro no campeonato, empatado com o companheiro Sebastian Vettel, se mostra confiante de que pode continuar na disputa pelos primeiros lugares.

“Acho que termos seis vencedores não significa nada. O que importa é que eu estou vencendo e que a equipe está fazendo um bom trabalho. Não me faltou confiança nas primeiras etapas, sempre me senti muito bem no carro.” 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Mark Webber
Tipo de artigo Últimas notícias