Para Wolff, batalha de motores com Ferrari ainda está em aberto

Dirigente alerta que nada garante que a vantagem dos propulsores alemães será mantida até o final da temporada, mesmo com a Mercedes tendo tokens disponíveis

Toto Wolff, chefe da Mercedes, diz que a batalha de motores na temporada 2015 da F1 ainda não terminou. Para o dirigente, a Ferrari pode equilibrar as forças com os alemães. Os germânicos tem dominado o campeonato deste ano, mas as duas vitórias dos italianos comprovam os avanços na unidade de potência ferrarista.

Ainda que as duas fabricantes tenham o mesmo número de tokens de desenvolvimento remanescentes (sete cada uma) para utilizar na segunda metade da temporada, Wolff disse ao Motorosport.com que é possível que a Ferrari vire o jogo e apareça no topo quando o assunto é unidade de potência.

"Você só vai se sentir satisfeito se conseguir utilizar os tokens da maneira mais eficaz possível. No momento, estamos trabalhando a pleno vapor, mas ainda não sabemos quando e quantos tokens vamos utilizar. Às vezes, o tema é mal interpretado: a utilização de um token não significa mais desempenho. É mais complexo do que isso", comentou.

Dividendos decrescentes

Wolff também adverte que a curva de crescimento do propulsor da Mercedes pode estar diminuindo e que a luta com a Ferrari pode se basear mais no desenvolvimento do carro.

"Nas regras do motor as coisas se baseiam em dividendos decrescentes. Teoricamente, nossa curva de crescimento vai se reduzir um pouco e os que estavam atrasados (no desenvolvimento) têm uma faixa maior do que nós. Em um determinado momento, essas curvas vão se encontrar. No entanto, o nosso pessoal que cuida dos motores é fantástico. Eles têm metas ambiciosas, que são aperfeiçoadas o tempo todo”, observou.

"O mesmo se aplica para o pessoal da aerodinâmica e para o resto da equipe. A filosofia, qualquer que seja o setor de que estamos falando, e no time que efetivamente está nas corridas, é da busca por excelência”, encerrou o dirigente.

Tokens remanescentes após o GP da Hungria:

Mercedes: 7

Ferrari: 7

Honda: 7

Renault: 12

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Equipes Mercedes
Tipo de artigo Últimas notícias