Participe da eleição do Destaque TotalRace do GP do Canadá

Prova contou com muita emoção nas voltas finais, duelos, e belas performances de Hamilton, Grosjean e Perez

Hamilton, Alonso e Vettel andaram boa parte da prova juntos

 

Mesmo sem chuva ou Safety Car, não faltou emoção no GP do Canadá. Lewis Hamilton se tornou o sétimo piloto diferente a vencer na temporada em uma corrida indefinida até as últimas voltas, na qual os três primeiros adotaram estratégias diferentes.

Você pode participar da nossa eleição do Destaque TotalRace, feita entre os jornalistas do site e os leitores com o que de melhor aconteceu na corrida. Confira as opções e vote em nossa página do Facebook:

1. Lewis Hamilton: dominou os treinos livres e marcou o segundo tempo na classificação. Temia o efeito negativo do calor em sua McLaren, mas manteve um forte ritmo do início ao final da prova para vencer. Seu principal desafio foi caçar Sebastian Vettel e Fernando Alonso após sua segunda parada, ao perceber que seus rivais tentavam completar a prova com uma parada apenas.

2. Sergio Perez: o mexicano largou em 15º, depois de ter problemas com os freios de sua Sauber. Fez o primeiro stint com os pneus macios e era quinto colocado quando parou, na volta 41. Usando os supermacios, fez várias ultrapassagens para escalar novamente até a terceira posição.

3. Romain Grosjean: apesar de ter largado em sétimo, com pneus com os quais havia feito duas tentativas na classificação, o francês alargou seu primeiro stint até a 21ª volta. Soube economizar seu jogo de macios, evitou a degradação e adotou um ritmo forte até o final, terminando em segundo.

4. Disputa nas últimas 10 voltas: Lewis Hamilton liderava a prova quando fez sua segunda parada, a 20 voltas do final. A partir daí, percebendo que os rivais Fernando Alonso e Sebastian Vettel tentariam não parar mais, passou a caçar ambos. À medida que a dupla perdia rendimento, Grosjean e Perez os superaram. Vettel, percebendo que a degradação era maior que a esperada, acabou parando e ainda teve ritmo para superar Alonso.

5. Massa VS Kobayashi VS Rosberg: o duelo mais sensacional na corrida contou com os três carros emparelhados na reta principal. Rosberg passou Massa, que tinha dificuldades com os pneus, mas cortou a chicane e teve de devolver a posição. Kobayashi aproveitou e entrou na briga, que durou várias curvas.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Canadá
Tipo de artigo Últimas notícias