Pastor Maldonado revela "pior sexta-feira do ano" na Coreia

Com problemas mecânicos e de acerto em sua Williams, venezuelano não passou na 18ª colocação nos treinos livres

“A pior sexta-feira do ano”. Foi assim que Pastor Maldonado definiu o início dos trabalhos para o GP da Coreia. Após ser 12º na primeira sessão de treinos livres, o venezuelano caiu para o 18º lugar na segunda prática, em que sofreu com problemas mecânicos e de acerto em sua Williams.

“Foi difícil. Tivemos alguns problemas hoje e esperamos que possamos resolvê-los para amanhã. Foram problemas não apenas no acerto, como também na parte mecânica do carro, o que nos levou à parte de trás da classificação. É a pior sexta-feira que fizemos em todo o ano, mas temos de solucionar os problemas e veremos o que se pode fazer.”

Maldonado afirmou que a Williams ainda não sabe onde está a falha que lhe atrapalhou. “Ainda não determinaram exatamente onde está o problema. Os engenheiros estão analisando todos os dados para ver de onde vem isso. A segunda sessão inteira foi inteira perdida e todos os dados que colhemos hoje não serve para nada. Amanhã, começamos do zero.”

Perguntado sobre o desgaste dos pneus, o venezuelano destacou que a pista ainda vai melhorar e isso interfere diretamente na durabilidade dos compostos.

“Parece que o desgaste não é tão alto, mas, à medida que a pista vai melhorando, você vai colocando mais energia no pneu e o desgaste aumenta. Não dá para dizer o quão grande será a degradação, mas agora não parece que será muito alta.” 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Coreia
Pilotos Pastor Maldonado
Tipo de artigo Últimas notícias