Paul Di Resta não vê porta na Fórmula 1 se fechando

Piloto da Force India pelas últimas três temporadas acredita que fez o suficiente para mostrar aos outros do que é capaz

Campeão do DTM em 2010, um ano antes de estrear pela Fórmula 1, Paul di Resta está de volta à categoria de turismo alemã em 2014. O escocês assinou contrato com a Mercedes e vai reviver a parceria que culminou em seu campeonato há quatro anos.

Mesmo em uma casa conhecida, e onde já triunfou anteriormente, o piloto mira uma volta breve à F-1 como seu principal objetivo neste ano.

"Meu desejo é estar envolvido na Fórmula 1 de alguma maneira e de alguma forma", disse di Resta à Press Association Sport.

"Ficar tão ativo quanto possível no esporte é importante, e se há alguma chance de voltar, então espero que isso possa acontecer. No momento vou levar a carreira ano a ano, mas sempre fazendo o que puder para voltar à categoria.”

"Eu certamente não sinto como se a porta tivesse fechado para mim, e eu não estou velho demais para desistir. Fiz o suficiente para mostrar às pessoas o que eu posso fazer, e podem aparecer chances. Eu vou continuar a estar tão envolvido quanto eu puder ao longo do próximo ano.”

O escocês salienta que quando as corridas do DTM não ocorrerem em fins de semana de F-1, ele retornará ao paddock.

"Eu definitivamente estarei mantendo contato, tenho um grande interesse também", disse ele. "Estou triste de não estar em Melbourne, mas estou pensando em tentar ir a algumas corridas. Quando a F-1 voltar para a Europa, será muito mais fácil.”

"A coisa mais importante é que eu estou me concentrando no que estou fazendo no momento. Antes de tudo quero ser veloz."

Seu melhor resultado na Fórmula 1 foi um quarto lugar no GP do Bahrein de 2013.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Paul di Resta
Tipo de artigo Últimas notícias