"Pedi desculpas e acabou: seguimos adiante", garante Rosberg

Líder do campeonato não quis comentar sobre sanção sofrida após ter admitido erro no GP da Bélgica

Nico Rosberg diz ter passado uma borracha no que reconheceu ter sido um erro de julgamento no GP da Bélgica, quando tocou com a asa dianteira direita no pneu traseiro do carro de seu companheiro Lewis Hamilton, furando-o. O alemão, contudo, não quis comentar qual foi a sanção imposta pela equipe Mercedes. “Para nós, o assunto acabou. Conversamos muito e eu pedi desculpas e acabou. Seguimos adiante”, afirmou ao TotalRace.

[publicidade] Assim como afirmou Hamilton na Itália, daqui em diante, a ordem dentro da Mercedes é que os dois disputem, contando que não batam, como vinha acontecendo nas dez primeiras etapas do campeonato.

“Teremos que evitar. É claro que o que aconteceu na última corrida foi ruim mas daqui em diante temos de lutar, mas com cuidado, como estávamos fazendo antes de Spa.”

O alemão disse entender toda a polêmica que cercou o incidente e não viu exageros, nem por parte da imprensa, nem dos torcedores, que o vaiaram no pódio do GP da Bélgica.

“Entendo que um acidente entre companheiros seja um problema para a equipe e que também seja interessante para todos: ‘como eles vão solucionar isso?’ e tal. Foi normal. As pessoas viajaram de muito longe para ver uma disputa entre os líderes do campeonato e acabaram ficando frustradas.”
 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias