Pelas mídias sociais, Pérez e Force India culpam Massa por acidente em Montreal

Equipe diz que se viu obrigada a se manifestar: “nos acusaram de brincar com a segurança dos outros”

Depois do grande acidente de ontem durante o GP do Canadá, Sergio Pérez e a equipe Force India usaram as mídias sociais para reclamar da decisão dos comissários de prova em considerar o mexicano culpado e aplicar uma punição de cinco posições no grid da próxima corrida.

"Eu assisti várias vezes os replays do incidente e não posso deixar de notar como Felipe vira para a direita antes e ele que me bate", disse Pérez.

“Se alguém pensa que dá para manter duas Red Bulls atrás por tanto tempo como fizemos com o que se pode chamar de problema de 'terminal', eles estão claramente equivocados. Eu estava seguindo a mesma linha e freei nos padrões, assim como nas voltas anteriores e eu fui atingido por trás por Massa. Havia muito espaço no lado esquerdo do meu carro para tentar uma ultrapassagem limpa e não posso entender por que ele teve que bater."

Postando uma foto do acidente em sua conta no Instagram, o mexicano citou a presença de seu ex-agente Adrian Fernandez, ex-piloto da Indy, na sala dos comissários. Para ele, Fernandez, com quem não mantém boa relação, lhe empurrou a punição. “Eu não entendo como eles puderam me culpar. E mais, que um mexicano, um “piloto”, tenha me empurrado tanto a culpa. Mesmo assim vamos continuar lutando. Obrigado pelo apoio e vamos atrás de mais.”

A Force India também decidiu se manifestar pelo Twitter: “Não estamos acostumados a colocar no ar nossas queixas publicamente. Mas quando os outros fazem e nos acusam de brincar com a segurança dos outros, somos obrigados a responder.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias