Pelotão intermediário luta para segurar o carro na pista

Problemas com o comportamento dos pneus e a tendência de carros traseiros marcaram a sexta-feira do meio para o final do grid

O mexicano Sergio Perez Foto: Miguel Costa Junior

Problemas com o comportamento dos pneus e a tendência de carros traseiros marcaram a sexta-feira dos pilotos do meio para o final do grid.

Vitaly Petrov, Renault, 11º: “Não tive problemas mecânicos, então acho que meus mecânicos fizeram um bom trabalho em reparar o problema de câmbio da manhã. Sabemos que não é uma pista fácil para nosso carro e isso aparece nos tempos. Será difícil amanhã na clasificação, mas vamos trabalhar duro para chegar ao Q3.”

Sergio Perez, Sauber, 13º: “Estava em uma simulação de corrida quando tive um problema de câmbio. Foi uma pena que não pude completá-la. Com menos combustível, o carro estava bom com pneus macios, mas ainda temos de trabalhar em nossa classificação.”

Kamui Kobayashi, Sauber, 14º: “Fiz muitas voltas hoje. A degradação foi muito alta com ambos os compostos, o que será duro na corrida se as temperaturas se mantiverem as mesmas. Mas há chance de chuva. Não tive problemas com o carro, mas estamos trabalhando em melhorar o equilíbrio.”

Sebastien Buemi, Toro Rosso, 15º: “Consegui fazer muitas voltas, experimentando os pneus novos e completando uma saída muito proveitosa, então fiquei feliz com o meu dia. É muito cedo para falar sobre performance, mas geralmente estamos no mesmo grupo das últimas corridas.”

Jaime Alguersuari, Toro Rosso, 16º: “Experimentamos níveis diferentes de pressão aerodinâmica nas duas sessões e acho que me senti mais feliz com o comportamento do carro pela manhã, ainda que tenhamos de olhar os dados para escolher os elementos do pacote.”

Jarno Trulli, Lotus, 19º: “Estou muito feliz com minha tarde. Melhoramos o equilíbrio do carro e acho que há mais por vir da asa traseira, mas a novidade está trabalhando e espero que podemos mostrar na classificação nosso real ritmo.”

Heikki Kovalainen, Lotus, 20º: “Tive um bom dia. A nova asa traseira é um avanço e é encorajador ver esse tipo de update chegar bem no final da temporada. Acho que amanhã e domingo podem ser muito bom para nós.”

Jerome d’Ambrosio, Virgin, 21º: “Fizemos tudo o que podíamos fazer, isso é bom. Em termos de performance, o carro não é tão ruim, mas ainda não estou feliz com o equilíbrio, então temos um pouco o que fazer durante a noite.”

Timo Glock, Virgin, 22º: “Tive muita dificuldade com os pneus, o comportamento foi um pouco difícil em termos de cuidá-los de maneira correta para a classificação e acertar uma volta não é fácil. Mas em geral hoje foi bom, consegui completar o programa.”

Daniel Ricciardo, Hispania, 23º: “Foi outra sexta-feira típica. Progredimos na segunda sessão de treinos livres mas definitivamente acredito que ainda não atingimos nosso verdadeiro potencial. Será próximo novamente com as Virgin, mas precisamos de um pouco mais para lutarmos contra eles.”

Vitantonio Liuzzi, Hispania, 24º: “Fizemos alguns ajustes para corrigir o equilíbrio do carro e senti que ele ficou melhor depois disso, mas ainda não está onde gostaria. Tivemos tráfego em nossa simulação com pneu macio, mas acho que o ritmo com mais combustível estava bastante competitivo.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias