"Pérez ainda é uma criança na relação com a mídia", diz Jo Ramirez

Mexicano, ex-diretor da McLaren incentivou a negociação entre piloto e equipe, assim que soube que Lewis sairia

Ramirez:

Mexicano e com forte história na equipe McLaren, Jo Ramirez participou das conversas entre Sergio Perez e a equipe inglesa durante a temporada de 2012. O ex-diretor da McLaren é um incentivador do automobilismo mexicano, mas diz que Pérez ainda tem algumas coisas a aprender, especialmente na relação com a imprensa.

“Como piloto ele é cheio de confiança”, comentou Jo Ramirez ao jornal The Sun. “Mas onde ele ainda precisa aprender, principalmente indo para um time grande como a McLaren, é em relação à imprensa. De certa forma ele ainda é uma criança nisso”, observou.

“Ele não gosta da imprensa e, assim que vê um repórter, sai correndo. Por isso ele precisa aprender que, em um time como a McLaren, você precisa ser bom com a imprensa”, concluiu.

Jo Ramirez conta que teve participação na negociação de Sergio Pérez com o time inglês. “Assim que soube que Lewis não estava mais muito feliz na McLaren, que sua relação com Ron Dennis andava fragilizada e que Martin (Whitmarsh) olhava Sergio com bons olhos, passei a bombardear Martin com e-mails”, confessou Ramirez, que esteve na McLaren de 1984 a 2001.

Recentemente, o mexicano de 71 anos revelou também que chegou a apresentar Sergio Pérez para a McLaren alguns anos atrás, quando um piloto ainda era um adolescente. Após dois anos na Sauber, Pérez, que tem apenas 22 anos, assinou com o time de Woking para substituir Lewis Hamilton. 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Sergio Perez
Tipo de artigo Últimas notícias