Perez critica manobra de Rosberg na última volta: "Foi inacreditável"

Mesmo com mexicano largando em último, Sauber é uma das três equipes que colocaram os dois pilotos nos pontos

Perez largou em último e chegou em oitavo na Austrália

Mesmo largando em último e chegando na oitava posição, Sergio Perez não estava completamente satisfeito ao descer de seu Sauber ao final do GP da Austrália. Ouvido pelo TotalRace em Melbourne, o mexicano criticou a postura de Nico Rosberg, que forçou uma ultrapassagem quando os pilotos passavam pelos detritos do carro de Pastor Maldonado, na última volta, o que prejudicou a corrida de ambos.

“Foi uma ótima corrida. Só é uma pena o que aconteceu na última volta, foi muito difícil. Não tinha o que fazer. Foi inacreditável porque o Nico [Rosberg] tentou me ultrapassar onde havia muitos detritos na pista e eu tive de levantar muito o pé. Acabei tendo um pneu furado e acho que me toquei com Nico. Foi uma grande confusão. No final das contas, foi uma ótima corrida tendo largado em último, mas poderia ter sido melhor.”

Perguntado se falaria com Rosberg sobre o ocorrido, o mexicano foi seco. “Não. Não preciso falar com ele.”

Único a adotar a estratégia de uma parada, a exemplo do que fizera ano passado, Perez lamentou o momento em que o Safety Car saiu na pista, quando ele já tinha feito sua parada.

“O Safety Car saiu no momento errado para mim. Eu tinha muitas voltas no meu pneu, enquanto todos atrás e na minha frente estavam com pneus novos. Foi muito difícil porque tinha de economizar pneus e combustível. Foi uma corrida muito difícil.”


Para completar o bom dia da Sauber. Kamui Kobayashi foi o sexto, após largar em 13º. O japonês correu com parte da asa traseira quebrada por toda a prova.

“Estou muito feliz – pela equipe e por mim. Terminar em sexto é um ótimo início para a temporada. Depois da largada eu quase bati no Bruno [Senna], que rodou na minha frente. Tive sorte de não ter batido, mas o Sergio não conseguiu desviar e me tocou, e fiquei com a asa quebrada a corrida toda.”

Kobayashi foi quem mais lucrou com a confusão não última volta. “Estava em nono até quando Pastor [Maldonado] bateu e Sergio teve uma batalha com Nico [Rosberg]. Passei e terminei em sexto.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Austrália
Pilotos Kamui Kobayashi , Sergio Perez
Tipo de artigo Últimas notícias