Perez relata degradação extrema dos pneus Pirelli em Barcelona

Novo MP4/28 'comeu' borracha nos treinos: "Foi extremo... é muito difícil com a degradação, e também uma surpresa", disse

Nem tudo foram glórias para o mexicano Sergio Perez nesta quarta. Após ser o mais rápido da sessão de hoje em Barcelona, Espanha, Checo disse que a degradação dos pneus de sua McLaren MP4/28 foi "extrema" na pista catalã em virtude da temperatura fria.

Perez teve que fazer várias paradas nos boxes para prosseguir com os testes, já que com pneus acabados não conseguia testar nada.

"Foi extremo", disse Perez. "É muito difícil com uma degradação assim, e também uma surpresa. Normalmente nós vemos alguma degradação nos testes, mas nada como isso. Nós, as vezes, temos corridas com temperaturas baixas como essas, e isso nos preocupam um pouco", disse Perez, alegando que as baixas temperaturas acentuaram o problema.

"Ainda estamos aprendendo com os pneus. Definitivamente espero que essa situação mude, pois se não, se virmos isso em Melbourne, poderemos fazer de sete a dez pit-stops para completar a prova", alegou.

Fora o problema dos pneus, Perez disse que tudo se encaminha bem para a McLaren: "No geral, acho que o carro é forte e tem uma boa base. tem potencial ara ser melhorado, e vamos fazer isso com nosso trabalho", finalizou.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Sergio Perez
Tipo de artigo Últimas notícias