Perez tem de se concentrar em não repetir erros, diz Monisha

Dirigente da Sauber destaca crescimento do mexicano, mas salienta que piloto de 22 anos ainda é muito "emocional"

Em sua segunda temporada na F-1, Sergio Perez tem frequentado as páginas de especulações como provável substituto de Felipe Massa na Ferrari, mesmo com apenas 22 anos. Monisha Kaltenborn, sua chefe na atual casa, a Sauber, entende a fama que o mexicano ganhou neste ano, principalmente após os dois pódios conquistados na Malásia, quando chegou a ameaçar fortemente Fernando Alonso pela vitória, e no Canadá. Mas salienta que o piloto ainda tem muito o que crescer.

“Ele aprendeu muito e acho que os dois pódios que conquistou mostram claramente isso. Mas é difícil quantificar. Não tem como comparar em pé de igualdade esses pilotos e dizer quem foi melhor que quem. É o sentimento que temos e vemos como ele está usando seu talento.”

A CEO da Sauber explica que o lado emocional de Perez ainda precisa ser lapidado.

“Claro que ele comete erros, mas isso é parte da aprendizagem. Ele tem de se concentrar em não repetir os erros, algo que tem feito. Ele é um piloto muito talentoso e também muito emocional. É tudo parte do mesmo pacote e é nosso trabalho fazer com que ele desenvolva seu talento.”

Mesmo feliz com a dupla de pilotos, que conta ainda com o japonês Kamui Kobayashi, a dirigente destacou ao TotalRace que o time não tem pressa para definir quem estará no cockpit ano que vem. “Não será tão cedo [a decisão]. Estou relaxada em relação a isso.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Sergio Perez
Tipo de artigo Últimas notícias