Perez torce por anúncio rápido da Force India para encerrar 'vida cigana'

Piloto mexicano deve seguir com a Force India e interromper uma sequência de trocas desde que chegou à F1

Sergio Perez quer fechar logo o novo acordo com a Force India
Em quatro anos, três equipes diferentes. A ‘vida cigana’ de Sergio Perez na Fórmula 1, a princípio, terminou. O mexicano está próximo de ter anunciado o acerto de um novo acordo com a Force India, a fim de defender as cores do time pela segunda temporada consecutiva e interromper a terceira mudança em três anos.
 
[publicidade]Desde que desembarcou na F1 em 2010 para pilotar pela Sauber, Perez aos poucos cavou o seu espaço na categoria. O décimo lugar no Mundial de Pilotos resultou ao mexicano a transferência para a McLaren, equipe na qual chegou sob grande expectativa.
 
Contudo, na renomada escuderia, Perez não repetiu o desempenho surpreendente do início de carreira. Com apenas 49 pontos e a 11ª posição no campeonato, o mexicano acabou deixando o time inglês; eis que a Force India apareceu e manteve o piloto na Fórmula 1.
 
O bom desempenho deste ano – somou 47 pontos, dois a menos do que pela McLaren, com três etapas pela frente –deverá manter Perez na Force India; Nico Hulkenberg também permanecerá no time para 2015. O mexicano comemora a confiança.
 
“Eu, definitivamente, quero ficar muito tempo neste time. Quero me estabelecer aqui. Estou há quatro anos na F1 e provavelmente mudei de equipes mais vezes do que deveria. Quero ter o segundo ano aqui e este é o meu objetivo. Espero que as coisas ocorram bem e que possamos anunciar logo”, declarou o piloto mexicano, em entrevista coletiva.
 
Empolgado com a proximidade de um novo contrato com a Force India, Sergio Perez terá uma motivação a mais neste final de semana: a corrida em Austin, no Texas, um dos estados americanos que fazem divisa com o México.
 
O piloto não esconde a empolgação com o evento, que antecederá o reencontro de Perez com o público mexicano, já que, no ano que vem, o país voltará a sediar uma corrida de F1 após 23 anos.
 
“A expectativa está muito alta. Temos muitos torcedores, e as pessoas estão realmente animadas por ter um GP em casa. O circuito está sendo reconstruído; estive lá em um evento há algumas semanas. As coisas estão se movendo rapidamente, e o México está muito animado para ter a Fórmula 1”, concluiu o piloto da Force India.
 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias