Performance ruim de Kovalainen na Lotus tirou sua vaga na F-1

A Caterham pretendia contar com o piloto nesta temporada, mas o rendimento abaixo do esperado fez time rever decisão

A performance apagada de Heikki Kovalainen nas duas provas em que correu pela Lotus substituindo Kimi Raikkonen no final do ano passado acabaram pesando contra sua contratação pela Caterham para esta temporada, reconheceu o chefe da equipe, Tony Fernandes.

Kovalainen, que correu de 2010 a 2012 como titular do time, era cotado para voltar após atuar como piloto de testes em 2013, inclusive participando de algumas sessões de treinos livres. Como a equipe contava com dois pilotos de pouca experiência – Van der Garde fazia sua estreia e Charles Pic, sua segunda temporada na Fórmula 1 – o finlandês se tornou peça-chave no desenvolvimento do carro.

Porém, as performances decepcionantes nos GPs dos Estados Unidos e do Brasil fizeram com que o nome de Kamui Kobayashi ganhasse força dentro da equipe e o japonês acabou ficando com a vaga ao lado do estreante Marcus Ericsson.

“Obviamente nós mentiríamos se disséssemos que isso não influenciou. Foi uma mistura de muitas coisas, mas em qualquer decisão há prós e contras”, afirmou o Fernandes.

“Sou igualitarista, coloquei [a decisão] para vários membros da equipe – havia aqueles pró-Heikki e aqueles pró-Kamui e eu tive de fazer uma escolha. Temos que seguir adiante, ser um pouco frios se queremos ter sucesso.”

 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Heikki Kovalainen
Tipo de artigo Últimas notícias