Peter Sauber exige pedido de desculpas de Michael Schumacher

Chefe da equipe vê manobra que resultou em acidente com Kamui Kobayashi como "desnecessária" e deixou clara sua irritação em conversa com o Total Race

Peter Sauber: feliz com Sergio Perez, chateado com Michael Schumacher

Ontem em Silverstone, como sempre faz ao final de cada corrida, Peter Sauber foi fumar um charuto na frente do motorhome da Sauber. A tranquilidade de quem já viveu tantas coisas na Fórmula 1 só foi quebrada quando Michael Schumacher passou andando por ali. O chefe de equipe suíço ficou visivelmente irritado com a batida entre o heptacampeão e Kamui Kobayashi e não escondeu isso na conversa que teve com o TotalRace.

“O acidente destruiu a corrida do Kamui e o que aconteceu foi claro para qualquer um. Até para Michael Schumacher. Foi absolutamente desnecessário. Desnecessário! Ele não usou os freios, estava numa curva e simplesmente bateu no nosso carro. Não foi legal. Que se desculpasse seria o mínimo”, reclamou Sauber.

Pelo menos, havia um motivo para celebrar. O sétimo lugar de Sergio Perez garantiu mais pontos para seu time no Mundial de Construtores. Peter Sauber elogiou bastante o mexicano e lamentou apenas que o piloto não conseguiu um resultado melhor justamente... por um carro da Mercedes!

“Sergio fez uma corrida fantástica! Foi difícil para ele porque passou a prova toda atrás do Rosberg. Sergio era mais rápido, mas não o suficiente para ultrapassar. E quando você anda muito tempo numa situação como essa, acaba tendo um desgaste grande dos pneus dianteiros. Foi realmente uma pena que não deu para ele passar a Mercedes, porque ele teria ido embora na frente depois”.

A Sauber a sexta colocação entre as equipes, com 33 pontos.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Grã-Bretanha
Pista Silverstone
Pilotos Michael Schumacher , Nico Rosberg , Kamui Kobayashi , Sergio Perez
Tipo de artigo Últimas notícias