Petrov está bem e sem problemas, comenta Jean Alesi

Francês, que ocupa cargo simbólico de embaixador da equipe Renault, afirma que piloto russo sente apenas dores da pancada no tornozelo

Petrov é removido do carro em Mônaco

Eleito o embaixador da equipe Renault nesta temporada, Jean Alesi serviu de porta-voz para informar o estado de saúde de um dos pilotos do time, o russo Vitaly Petrov.

O competidor se envolveu no acidente que interrompeu o GP de Mônaco com a bandeira vermelha a seis voltas do fim, e teve de ser levado de ambulância para o hospital, sendo liberado no mesmo dia após checagens gerais.
 
Em entrevista ao diário espanhol "As", o ex-piloto francês elogiou o russo, disse que não foi nada grave e culpou Adrian Sutil, da Force India, pelo acidente coletivo, que também envolveu Jaime Alguersuari, da Red Bull.
 
"Petrov está bem. Ele apenas sentiu uma pancada no tornozelo. É sempre preocupante quando um piloto não consegue deixar o carro após um acidente, mas graças a Deus o equipamento cumpriu a sua função", comenta Alesi, que competiu por Tyrrell, Ferrari, Benetton, Sauber, Prost e Jordan.
 
"Seu primeiro pódio na Austrália o deu muita confiança e, desde então, ele conseguiu manter este bom nível", completa.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Vitaly Petrov
Tipo de artigo Últimas notícias