Petrov lidera segundo pelotão; Glock é destaque das nanicas

Com atualizações em seu carro, piloto da Virgin fica atrás apenas da Lotus; Buemi pede desculpas para Toro Rosso pelo acidente

Timo Glock em Monza

Vitaly Petrov, Renault, 11°: "Os treinos foram OK, principalmente por termos conseguido cumprir nossos objetivos. Estamos buscando melhorar nosso ritmo em termos de volta, pois há muito para tirar do carro e sábado será crucial."

Adrian Sutil, Force India, 12°: "Foram duas sessões promissoras. O carro saiu um pouco de traseira na Parabolica, mas o sentimento geral foi ótimo. Não parecemos competitivos na tabela de tempos, então precisamos pensar muito para amanhã. Em termos de pneus, as coisas parecem boas."
 
Paul di Resta, Force India, 13°: "Monza não é uma das pistas mais fáceis para obter velocidade. Foi uma sexta-feira típica, sem dramas. Nos concentramos em tentar o melhor equilíbrio aerodinâmico e trabalhamos na estabilidade nas freadas. Está claro que precisamos de mais velocidade, pois os tempos no meio estão muito apertados."
 
Jaime Alguersuari, Toro Rosso, 14°: "A equipe toda fez um bom trabalho goje e existe mais potencial para extrair do carro. Experimentamos duas zonas de DRS pela primeira vez e dá para ver que o sistema faz uma diferença enorme na velocidade final."
 
Sebastien Buemi, Toro Rosso, 17°: "Cometi um erro e bati no muro, e sinto muito ter de dar a equipe muito trabalho para arrumar o estrago. Mas amanhã é outro dia e nesta noite estarei com os engenheiros."
 
Jarno Trulli, Lotus, 18°: "Foi uma sexta sem problemas e, honestamente, não estou feliz com o equilíbrio do carro no momento. O carro está saíndo de frente na saída das curvas e precisamos negociar isso."
 
Heikki Kovalainen, Lotus, 19°: "Não foi ruim, mas podemos melhorar. De manhã tive um problema na marcha e tive de parar quando as temperaturas do motor subiram. De tarde trabalhamos nos pneus e não conseguimos extrair o máximo dos médios."
 
Timo Glock, Virgin, 20°: "Não foi uma de nossas melhores sextas-feiras. Acho que falhamos muito no primeiro treino com problemas técnicos e não pudemos completar o programa pela manhã. À tarde colocamos o carro na direção certa e me senti confortável. É cedo para falar, mas espero um sábado calmo."
 
Vitantonio Liuzzi, Hispania, 21°: "Foi um dia muito bom. A pista se adapta bem ao nosso carro em relação aos outros. Fizemos acertos e trabalhamos no entendimento dos pneus macios. Todos fizeram um bom trabalho e acho que podemos ter um bom fim de semana."
 
Jerome D'Ambrosio, Virgin, 23°: "Foi uma sexta-feira calma, apesar do problema no motor. Hoje foi mais em cima do outro carro e da atualização, que não se mostrou ruim. No geral, meu carro se mostrou muito útil e está ficando pronto para a corrida do domingo."
 
Daniel Ricciardo, Hispania, 24°: "Tive um problema elétrico de tarde e fiquei uma hora nos boxes para resolver. Foi um bom trabalho sob pressão, mas dei poucas voltas. A F111 se adapta melhor nesta pista que nas outras, então acho que pode ser um bom fim de semana."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Itália
Tipo de artigo Últimas notícias