Petrov perde chance de pontuar após abandono espetacular

Após decolar na brita, russo da Renault fica com o voltante de seu Renault solto na mão e acaba batendo

Petrov está animado com o rendimento da Renault

O russo Vitaly Petrov tinha tudo para completar sua segunda corrida do ano nos pontos, confirmando a boa fase da Renault, mas acabou abandonando com menos de dez voltas para o final após um acidente no mínimo insólito.

O piloto perdeu o controle do carro e, ao chegar na brita, decolou. Quando voltou ao chão, o volante se soltou do carro e o russo só pôde controlar o Renault com o freio, batendo numa das placas na lateral da pista.

Cometi um pequeno erro que não deveria ter tido as consequências que teve. Perdi o traçado e o carro decolou, pousando forte”, explicou, por meio da assessoria de imprensa da equipe.

Petrov, que foi terceiro colocado no GP da Austrália, exaltou o bom resultado do companheiro Nick Heidfeld, que chegou ao pódio.

Ambos os carros deveriam estar nos pontos hoje, mas a boa notícia é que claramente temos o ritmo de que precisamos para o resto do ano. Estou feliz pelo time, porque conseguimos outro pódio, então podemos considerar este um grande começo de temporada para nós. Foi uma ótima performance do time numa corrida diferente.” 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Malásia
Pilotos Vitaly Petrov
Tipo de artigo Últimas notícias