Pilotando o carro mais rápido do grid, Vettel só se preocupa com a chuva

Vencedor do GP da Austrália lembra corrida interrompida pela água há dois anos e adianta que a intenção da Red Bull é usar o Kers na Malásia

Vettel prefere não destacar nenhum de seus rivais

Atual campeão do mundo, líder do campeonato e dono do melhor carro do grid, dá para entender por que Sebastian Vettel não quer saber de chuva forte durante o GP da Malásia. O alemão reclamou do fato da corrida estar marcada para às 16h locais, quando a possibilidade de tempestades é maior.

“Chove todo dia aqui então a questão é quando. O problema é que, como aconteceu há dois anos, quando chove forte não conseguimos controlar o carro e teríamos que parar, o que seria uma pena. Em todo caso temos pneus para chuva e vamos fazer o melhor possível.”

“Pode ser muito bom do ponto de vista do entretenimento. Na verdade, contando que tudo saia bem para a gente, não ligo. É lógico que a chance de um erro é maior, mas pode abrir possibilidades. É impossível saber se vai ser bom ou ruim para você antes da corrida. Se você tem um carro rápido, por que o risco? Mas no final do dia, é o mesmo para todos.”

O piloto da Red Bull afirmou que o fato da Red Bull não estar usando o Kers não traz vantagem alguma para a equipe.

“É diferente de dois anos atrás. Hoje, se você não usar, não tem a vantagem de performance e continua com o mesmo peso, porque é igual para todos. E como a distribuição de peso também é fixa, não podemos jogar com isso, ou seja, é só desvantagem. Estou confiante de que vamos conseguir fazê-lo funcionar no nosso carro. A Austrália foi uma exceção, tínhamos o carro rápido o suficiente para ganhar sem o Kers, mas esse não é o plano para o resto da temporada. Queremos usá-lo aqui”

Falando sobre seus rivais, Vettel citou primeiramente a McLaren, mas não descartou ter alguma supresa com as Mercedes.

“A impressão que eles deixaram na Austrália foi bem melhor do que na pré-temporada. Acho que a Ferrari teve um final de semana ruim em Melbourne, mas estarão fortes. E a Mercedes também. Neste momento do campeonato, não penso em um rival em particupar. Talvez estejamos lutando no fim do ano com alguém que não tenha aparecido bem até agora. Michael e Nico podem ser uma surpresa.”

Vettel não quis se aprofundar nos motivos que fizeram seu companheiro Mark Webber ser tão mais lento na primeira corrida. O australiano foi apenas o quinto colocado.

“Tenho certeza de que a diferença não será tão grande aqui. A Austrália já foi, conseguimos muitos pontos e agora temos que focar na corrida daqui.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Malásia
Pilotos Sebastian Vettel
Tipo de artigo Últimas notícias