Pilotos acreditam que GP de Abu Dhabi terá ultrapassagens

Além das duas zonas de DRS, uso estratégico do Kers e pneus menos duráveis devem fazer a diferença

Petrov segura Alonso na disputa de 2010

O GP de Abu Dhabi de 2011 pode ter duas zonas de uso da DRS, mas os pilotos ouvidos pelo TotalRace acreditam que esse é apenas um dos fatores que podem levar mais ultrapassagens àquele traçado que ficou marcado pela dificuldade em proporcionar manobras durante a decisão do título do ano passado.

“É uma pista em que, como chegamos já no final com ano, com os carros muito acertados e saindo de curva de baixa velocidade no come co da reta, acho que dificulta muito a ultrapassagem. Mas acredito que, com a DRS, vai dar uma apimentada e espero um show muito melhor”, crê Rubens Barrichello.

O brasileiro, no entanto, vê os pneus como o fator principal para termos um 2011 diferente em Yas Marina. Ano passado, usava-se os pneus Bridgestone, mais duráveis.

“É um pneu muito diferente. A pista tem uma característica de que o pneu não vem na primeira volta. Mas, se você aquecer demais o pneu, ele perde aderência. Então vai ser interessante buscar a melhor adaptação do pneu com o carro.”

Bruno Senna segue na mesma linha e adiciona um ingrediente ao tempero. Para o piloto da Renault, o Kers também terá papel importante na dupla zona de ativação da asa móvel traseira.

“Acho que o DRS duplo vai ajudar. Você se defende com o Kers em uma reta mas, se usar tudo, vai se dar mal na seguinte. De qualquer forma, a segunda reta é a de maior chance de ultrapassagem – vimos nos últimos anos que você sempre consegue chegar mais perto na segunda freada em relação à primeira. Acho que vai ser muito estratégico o uso do Kers, tanto para se defender, quanto para atacar.”

(colaborou Luis Fernando Ramos, de Abu Dhabi)

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento Abu Dhabi GP
Pilotos Rubens Barrichello , Bruno Senna
Tipo de artigo Últimas notícias