Pilotos da McLaren cumprimentam Pirelli em retorno

Jenson Button e Lewis Hamilton destacam salto de qualidade dado pela fabricante italiana na primeira etapa do ano em comparação à pré-temporada

Button: pneus renderam bem

Uma tragédia anunciada. Assim era esperada a volta da Pirelli à Fórmula 1. Depois de muitos testes de pré-temporada com resultados não satisfatórios, os pilotos faziam coro de que os compostos da empresa italiana fracassariam na primeira etapa do Mundial, em Melbourne, na Austrália.

Após apenas uma prova, no entanto, alguns mudaram de lado. A dupla da McLaren já parabeniza a Pirelli pelo trabalho feito no Grande Prêmio da Austrália.

“Eles se comportaram bem e não se degradaram nada. Perez fez uma parada só. Isso mostra quão bom são os pneus. Não sei se isso é o que queriam, porque no inverno diziam que o desgaste era bem-vindo para a Fórmula 1. Eles foram bem até agora. Vamos ver como se comportam em pistas mais quentes”, falou Jenson Button, reconhecido pelo estilo suave de guiar, que normalmente preserva mais os pneus.

Lewis Hamilton, por sua vez, “come” muita borracha. Suas travadas de rodas são comuns pelo estilo agressivo de pilotar que tem. Mesmo com essas características, o inglês não teve problemas na Austrália.

“Os pneus foram fantásticos. Achei que faria em Melbourne três ou quatro paradas, mas só fizemos duas. Poderia ter feito uma se cuidasse mais, mas não sei se isso nos levaria a um resultado melhor”.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Austrália
Pilotos Jenson Button , Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias