Pilotos da Mercedes estão felizes com desenvolvimento

Mesmo perdendo posições em relação à classificação, Rosberg e Schumacher elogiam o carro e acreditam que equipe está no caminho certo

Nico Rosberg largou em terceiro e terminou em quinto

A Mercedes tinha tudo para terminar o GP da Turquia com um gosto amargo na boca: um terceiro e oitavo lugares no grid acabaram se tornando um quinto para Nico Rosberg e um 12º para Michael Schumacher.

Mas usando uma estratégia diferente, priorizando os pneus duros, e mostrando que o carro está no caminho certo, ao menos Rosberg saiu contente.

“Minha largada foi fantástica, ultrapassei Mark (Webber) e estava em segundo, mas dali em dainte comecei a ter problemas com meus pneus. Nossa estratégia funcionou para me colocar de volta na briga, então acho que foi satisfatório, estou feliz de ter chegado a apenas alguns segundos de Hamilton na McLaren. Ainda há uma distância para a ponta mas continuamos a melhorar o carro neste final de semana.”

Por sua vez, Schumacher só viu as disputas na pista como ponto positivo.

“Obviamente, não estou muito feliz com meu final de semana, mas a responsabilidade é minha. O incidente com Petrov ditou a corrida: estavamos muiti próximos e me surpreendi pelo toque, mas foi mais culpa minha. Ter que parar tão cedo mudou minha corrida. O que podemos tirar da Turquia é que confirmamos nosso bom momento e ainda temos coisas para melhorar ainda mais.” 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Turquia
Pilotos Michael Schumacher , Nico Rosberg
Tipo de artigo Últimas notícias