Pilotos devem ter mais de 800 m para ativar asa traseira na Espanha

A informação é da administração do circuito de Barcelona, um dos mais difíceis para se ultrapassar na temporada

A longa reta de Barcelona

O GP da Espanha deve ter uma das maiores zonas de ultrapassagem até agora na temporada. De acordo com informações da administração do circuito, ainda não confirmadas pela FIA, os pilotos poderão ativar a asa traseira móvel na linha de chegada, a 830 m da primeira curva.

O sistema recebeu algumas críticas depois da última prova, quando várias ultrapassagens pareceram facilitadas demais devido à extensão da zona de utilização da asa traseira móvel na Turquia.

Na China, em outro circuito que apresenta uma grande reta, a zona sofreu uma redução dos 902 m previstos para 752 m depois que a FIA temeu que as ultrapassagens fossem realizadas antes mesmo do ponto de freada. Na ocasião, a mudança surtiu efeito e a corrida foi uma das mais disputadas no ano.

Tradicionalmente, o circuito de Barcelona é um dos que menos permitem ultrapassagens. O ponto mais claro é justamente a primeira curva.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias