Pilotos querem busca ininterrupta por melhorias na segurança para honrar Bianchi

Como forma de respeitar a memória do piloto francês, a GPDA afirma que nunca cessará esforços na busca por melhorias na segurança do esporte

A Grand Prix Drivers Association (GPDA) afirmou em comunicado que a tragédia é uma clara advertência para os perigos que ainda estão presentes no esporte, apesar de grandes avanços na segurança feitos nos últimos anos. Além disso, prestou uma homenagem a Jules Bianchi e prometeu continuar impulsionando a melhoria na segurança nas provas. A organização emitiu um comunicado nesta tarde:

"A Fórmula 1 perdeu um grande talento, um grande homem e um grande amigo hoje. Vinte e um anos após as mortes de Senna e Ratzenberger, perdemos Jules, que faleceu em decorrência de um acidente de pista."

"São em momentos como este, que lembramos como nosso esporte ainda é perigoso. Apesar de melhorias consideráveis, nós, os pilotos, devemos à família e amigos de Bianchi nunca ceder na busca por melhorias na segurança.

"Nossas mais sinceras condolências vão para a família e amigos de Jules"

Ecclestone: Não podemos deixar isso acontecer de novo

Bernie Ecclestone ecoou o sentimento da GPDA, dizendo que o esporte deve agir para garantir que uma tragédia semelhante não reapareça: "Foi muito triste ouvir a notícia sobre Jules", disse o diretor. "Perdemos um piloto muito talentoso e uma pessoa muito boa. Não podemos deixar que isso aconteça novamente."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Jules Bianchi
Tipo de artigo Últimas notícias
Tags ecclestone, gpda, safety